Textos

Publicado por Marcelo Soares Souza em 25 de Junho de 2012 licenciado sobre Creative Commons 3.0 Brasil

FrenchOriginalmente: http://h-online.com/-1625551

O departamento central de tecnologia da informação do governo francês realizou uma contratação no valor €2 milhões (R$ 5 milhões) para apoiar 350 diferentes ferramentas de código fonte aberto em quinze diferentes ministérios. O contrato de três a quatro anos, que foi proposto no ano passado, foi concedido às empresas de consultoria Alter Way, Capgemini e Zenika.

As ferramentas e tecnologias suportadas inclui diversas distribuições GNU/Linux como o Ubuntu, Debian e CentOS e entre os programas estão o Firefox, LibreOffice, OpenERP, Nagios, Drupal dentre outros. As linguagens de programação como PHP e Python também estão dentro do escopo.

O departamento de TI francês está exigindo das empresas que devolvam as melhorias realizadas no código fonte que este estão responsáveis para as respectivas comunidades como parte do contrato. O contrato atual apenas cobre correções de erros e manutenção em instalações existentes, o desenvolvimento de novas funcionalidades será coberta em uma nova proposta que ainda não foi publicada. Não participa do contrato o Ministério da Economia, Finanças e Indústria que tem seu próprio contrato de suporte a iniciativas de código fonte aberto.

Oito anos atrás, um contrato similar voltada a software proprietário, falhou, resultando em uma "dispendiosa adoção de soluções proprietárias de software" sendo implantadas em todo o governo Francês, de acordo com o site LeMagIT. Portanto, além da economia de custos, a adoção cada vez maior, e mais sustentável, de ferramentas open source é uma prioridade.

Leia Mais
https://joinup.ec.europa.eu/news/french-government-awards-two-million-support-contract-open-source-2

Tag(s): Linux Software Livre GNU Desenvolvimento Liberdade Tecnologia França

É preciso esta logado para comentar